sábado, 21 de janeiro de 2012

Lendas e Glórias: Dennis Bergkamp

Dennis Bergkamp foi um jogador magistral, sabia fazer tudo: marcar golos em abundância, fazer passes extraordinários para os seus colegas, fintar com qualidade e classe, rematar com qualquer pé sem que isso fosse algo contra si e cabecear de forma oportuna. O gigante holandês sabia fazer tudo, excepto uma coisa: não sabia voar. Literalmente, Bergkamp, deixou de se deslocar de avião quando, numa viagem da seleção holandesa, falou-se que havia bombas a bordo. Mentira pois claro, mas o suficiente para fazer com que Bergkamp deixá-se de voar, perdendo vários desafios da seleção do seu país.

Começou a carreira na profícua cantera do Ajax, onde deu umas pinceladas de classe, tendo estado durante 7 anos no emblema de Amesterdão. O projeto seguinte de Dennis seria estar incluído numa equipa de maior gabarito no Mundo do futebol. O dianteiro escolheu assim o Inter de Milão para prosseguir uma carreira que se esperava de luxo. No entanto a sua estada nos neroazurri apenas se prolongou por dois anos. A verdade é que Bergkamp, tal como a sua equipa, falhou redondamente, não conseguindo ter feito aquilo que o levou para Itália: ganhar títulos. Foi porém em boa hora que saiu do Inter, rumando a uma equipa que acreditou nele e, principalmente, um treinador que acreditou nele. Falamos do Arsenal, e do responsável técnico do mesmo clube, Arséne Wenger. Nos “gunners”, Bergkamp foi capaz de mostrar porque razão deveria estar na elite do desporto-rei. Essencialmente, o internacional pelo “país das tulipas”, marcou golos com fartura e deslumbrou o Emirates com toda a sua cultura de jogo. No fundo, Dennis Bergkamp foi daqueles jogadores que se sacrificava em prol do coletivo, chamava a si as atenções quando assim era necessário e defendia a sua equipa quando podia.

Nota Final: 17/20

1 comentário:

  1. eu curti bergkamp o cara era foda!!!
    so muito fã dele

    ResponderEliminar

Colabore connosco comentando e aumentando, assim, a diversidade de opiniões no nosso blogue. Não ativámos a moderação de comentários, porém, não ultrapasse os limites - comentários abusivos serão eliminados.