domingo, 11 de dezembro de 2011

Dragões vencem pela margem mínima

Beira-Mar 1-2 FC Porto
Os dragões foram a Aveiro e saíram de lá com os tão desejados três pontos. Os pupilos de Vítor Pereira dominaram toda a partida, mas chegaram a sofrer sobressaltos: Zhang fez o 1-0 para os aveirenses ao minuto 34, enquanto que, quando já se observava o 2-1 no placar, Élio foi protagonista do mais que provável falhanço do ano.

O Beira-Mar entrou muito pressionante e organizado. A primeira ocasião de perigo até foi para os visitados. Artur não conseguiu dominar um lançamento longo e acabou por deixar a bola sair pela linha de fundo, enquanto estava isolado. À medida que os aveirenses se iam fatigando, o Porto ia crescendo de produtividade. Porém o avançado chinês Zhang abriu o marcador para o Beira-Mar à passagem do minuto 34, no seguimento de uma bola parada. Passados seis minutos, Hulk assistiu James Rodríguez que não teve dificuldade em finalizar.

Já no decorrer da etapa complementar, aos 59 minutos, Alvaro Pereira subiu no terreno, assistiu Hulk que, dentro da área aveirense, não teve dificuldade em por a bola dentro da baliza de Rui Rêgo. O fluído de jogo esmoreceu, mais ainda houve tempo para o falhanço do ano. Já perto do final do jogo, uma falha de Maicon proporcionou a Élio falhar, num momento em que Hélton não se encontrava na sua baliza.

MVP - James Rodríguez: James esteve especialmente inspirado. Praticamente sem posição no ataque portista, teve várias ocasiões por marcar e acabou por converter uma, desequilibrando na frente de ataque azul e branca com os seus dribles.
Hulk: O brasileiro esteve muito irregular. Por vezes, esteve fabuloso, fazendo um golo e uma assistência. Por oposição, em certos momentos do jogo, exibiu-se muito individualista e perdeu demasiadas bolas.
Alvaro Pereira: O lateral azul e branco apresentou-se a grande nível. Sem grande trabalho defensivo, quando avançou no terreno, apoiou o ataque portista.
Belluschi: O criativo argentino exibiu-se a bom nível, criando várias ocasiões de perigo com os seus passes certeiros e os seus remates tensos.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Colabore connosco comentando e aumentando, assim, a diversidade de opiniões no nosso blogue. Não ativámos a moderação de comentários, porém, não ultrapasse os limites - comentários abusivos serão eliminados.